Fones: (12) 3624-8602 / 3411-1940
Email: siteluzdoislam@gmail.com

Hierarquia dos Artigos
Início dos Artigos » O Alcorão Sagrado » Capítulo 28, Al-Qasas (As Narrativas) (parte 2 de 2)
Tamanho da Fonte
Capítulo 28, Al-Qasas (As Narrativas) (parte 2 de 2)

https://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/f/f7/Sinai_desert.jpg

 

Descrição: Deus aconselha o Profeta Muhammad, adverte os habitantes de Meca da natureza temporária deste mundo e demonstra Seu poder.

Por Aisha Stacey (© 2019 IslamReligion.com)

 

Versículos 44-50 Profeta Muhammad não narra de si mesmo

 Deus diz ao Profeta Muhammad, que a misericórdia e as bênçãos de Deus estejam sobre ele, que ele não estava presente na montanha quando Ele (Deus) deu a Moisés a lei, nem estava entre o povo de Midiã.  O Profeta Muhammad também não estava quando Deus falou a Moisés no Monte Sinai.  Você (Profeta Muhammad) não tinha meios diretos de obtenção informações das nações anteriores; tudo isso está sendo revelado a você.   Você foi enviado como um ato de graça e misericórdia para avisar a um povo que nunca tinha sido avisado antes para que fiquem atentos, e não serem capazes de dizer que um Admoestador nunca lhes foi enviado.  Agora que a verdade veio a eles perguntam por que o Profeta Muhammad não recebeu uma lei como a lei de Moisés.  Eles chamam a Torá e o Alcorão de feitiçaria e se recusam a aceitar qualquer um deles.  Peça aos descrentes para apresentarem uma escritura que forneça melhor orientação.  Se não responderem saberá que só seguem seus próprios desejos.  Deus não guia os malfeitores.

Versículos 51 - 61 Em Meca

Os descrentes de Meca receberam palavras do Alcorão repetidamente.  Alguns dos que receberam a escritura antes do Alcorão não tiveram problemas em acreditar nele (o Alcorão) e disseram que já acreditavam no Deus Único e respondiam sinceramente aos Seus comandos mesmo antes de o Alcorão chegar.  Receberão sua recompensa em dobro pelo que suportaram.  Repelem o mal com o bem, fazem caridade com o que lhes foi provido e se afastam quando ouvem palavras frívolas.  Ó Muhammad, tu não decides quem será guiado; Deus guia quem Lhe apraz e sabe quais pessoas aceitarão a orientação.  Não querem ser guiados.  Dizem que se aceitarem a orientação serão expulsos da terra.  Mas Deus já lhes concedeu um santuário (Meca) e proveu tudo que poderiam precisar. 

Em suas viagens vocês (de Meca) viram as cidades que Deus destruiu.  E Deus jamais destruiria uma cidade ou seu povo sem primeiro enviar um mensageiro.  O que quer que tenha neste mundo é temporário e o que está com Deus é melhor e mais duradouro.  Então por que não usar o seu poder de raciocínio? É a pessoa que se esforça para a Outra Vida, e é recompensado com a felicidade eterna como aquele que apenas goza de alguns dias desta vida e é, então, punido na próxima?

Versículos 62 - 70 Os politeístas ficarão impotentes no Dia do Juízo

Chegará um Dia em que Deus perguntará: onde estão os que chamavam de Meus parceiros? Aqueles que esperam pela punição os apontarão, mas o acusado dirá que não os obrigou a obedecer; eles seguiram os seus próprios desejos e inclinações.  Eles tentarão invocar os seus deuses, mas eles não responderão e, em seguida, verão a punição e desejarão que tivessem seguido a orientação.  Deus vai perguntar-lhes como eles responderam aos mensageiros, mas todos os seus argumentos anteriores parecerão obscuros e eles não serão capazes de falar uns com os outros.  No entanto, aqueles que se arrependerem, acreditarem, e agirem com retidão serão bem-sucedidos.  Deus cria e escolhe, vocês não escolhem por si mesmos. 
Louvado seja Deus, Ele está muito acima dos parceiros que Lhe atribuem.  E Deus sabe o que seus corações ocultam e o que eles revelam.  Ele é Deus, não há divindade além d'Ele.  Todo louvor nesta vida e na Outra Vida pertence a Ele.  Seu é o Juízo e todos serão levados de volta a Ele.

Versículos 71-75 Quem pode criar além de Deus?

Ó Profeta Muhammad, pergunta-lhes o que aconteceria se Deus tornasse a noite perpétua.  Quem além de Deus poderia trazer luz? Se Deus tornasse o dia perpétuo quem, além de Deus poderia trazer noite? Fora da Sua misericórdia, Deus fez a noite para descanso e o dia um tempo para buscar recompensas.  O Dia do Juízo virá, e Deus perguntará sobre o paradeiro dos parceiros que atribuíram a Ele.  Uma testemunha de cada nação será solicitada a produzir prova das falsas divindades.  E então saberão que a verdade pertence a Deus e os deuses que eles inventaram os abandonaram.

Versículos 76-39 A história de Qarun

Qarun foi um do povo de Moisés, mas ele se rebelou contra eles.   Deus lhe deu tantos tesouros que mesmo as chaves para abrir os recipientes dos tesouros eram mantidas no que era pesado para homens fortes transportarem.  As pessoas disseram a ele para não se vangloriar, porque Deus não gosta das pessoas que se vangloriam.  Use o que Deus lhe deu para alcançar uma boa morada na Outra Vida.  Ser bom para os outros como Deus tem sido bom para você, e não causar o mal; Deus não ama os malfeitores.  Mas Qarun respondeu: tudo o que tenho é por causa do meu próprio conhecimento e habilidade.  Será que ele não entendeu que Deus destruiu muitas pessoas antes dele, que eram mais fortes e mais ricas? Mas os criminosos não são sempre chamados imediatamente para prestar contas.

Um dia, ele saiu de sua casa em todo seu adorno terreno.  Algumas pessoas gostariam de ter o que ele tinha enquanto outros diziam que a recompensa de Deus é melhor, mas só podemos alcançá-la com paciência e gratidão.  Deus fez a terra engoli-lo e à sua casa.   Não havia ninguém para ajudá-lo e ele foi incapaz de se defender.  Então, as mesmas pessoas que tinham invejado Qarun mudaram de ideia.  Disseram que tinham esquecido de que é Deus quem dilata a provisão e é Deus quem pode tirá-la.  Se não fosse pela graça de Deus, Ele poderia ter feito a terra nos engolir.  Aqueles que negam a verdade nunca prosperarão.

Versículos 83 - 88 Reafirmação

O lar da Outra Vida é para aqueles que não buscam a glória e nem espalham a corrupção.  O melhor resultado é para aqueles que estão conscientes de Deus.  Aqueles que vêm a Deus no Dia do Juízo com boas ações serão recompensados com o que é melhor.  Aqueles que vêm com más ações serão recompensados apenas na medida de suas más ações.  O Profeta Muhammad é assegurado de que será levado para o melhor destino.  Deus sabe que o Profeta Muhammad trouxe orientação para aqueles que estavam em evidente erro.  O Profeta Muhammad não esperava que o Alcorão fosse revelado, mas é uma misericórdia.  Não ajudem os descrentes fazendo-lhes concessões em sua religião e não deixem que qualquer um deles tente afastá-los do que lhes foi revelado.  Chame as pessoas para Deus e nunca se torne um dos que atribuem parceiros a Ele.  Não invoque a qualquer outra divindade além d'Ele; ninguém tem o direito de ser adorado exceto Deus. Tudo será destruído, exceto Ele.  O Juízo pertence a Deus e vocês serão retornados a Ele. 

 

https://www.islamreligion.com/pt/articles/11298/capitulo-28-al-qasas-as-narrativas-parte-2-de-2/

Navegação de Artigos:
<< Artigo Anterior || Próximo Artigo >>

Compartilhar esse Artigo:
Url
BBCode
HTML

Centro Islâmico de Taubaté © 2009-2019, todos os direitos reservados.
Rua Benedito Silveira Moraes, 221, Bairro Jardim do Sol - Taubaté - SP. CEP: 12070-290. Fones: (12) 3624-8602 / 3411-1940.
E-mail:
siteluzdoislam@gmail.com

3,276,601 visitas únicas

site desenvolvido por www.wsdbrasil.com.br

Powered by PHP-Fusion copyright © 2002 - 2019 by Nick Jones. Released as free software without warranties under GNU Affero GPL v3