Fones: (12) 3624-8602 / 3411-1940
Email: siteluzdoislam@gmail.com

Hierarquia dos Artigos
Início dos Artigos » O Alcorão Sagrado » Capítulo 51, Az Záriat (Os Ventos Disseminadores)
Tamanho da Fonte
Capítulo 51, Az Záriat (Os Ventos Disseminadores)

Descrição: A promessa de Deus é verdadeira; lições da vida dos profetas concluindo com uma severa advertência.

Por Aisha Stacey (© 2018 IslamReligion.com)

 

Introdução

http://duda-sod.com/wp-content/uploads/2016/06/palm-tree-blowing-in-the-wind.jpegEste capítulo de sessenta e seis versículos foi revelado em Meca e, portanto, discute conceitos islâmicos básicos.  Ele lida com a Vida Futura e nos apresenta um convite para aceitar a Unicidade de Deus.  O nome vem dos ventos que espalham a poeira mencionada no primeiro versículo.  Os versículos deste capítulo foram descritos como frases curtas que nos ensinam a libertar nossa mente das atividades terrenas e anseiam pela Vida Futura.

Versículos 1 - 6 Deus jura pelo vento

Deus faz um juramento pelos ventos que espalham poeira por toda parte, pelas nuvens cheias de chuva, pelos navios que navegam com facilidade e por aqueles anjos que distribuem a generosidade de Deus a Seu comando.   O que Deus prometeu é verdadeiro e o Dia do Juízo definitivamente ocorrerá.

Versículos 7- 19 Um segundo juramento

Deus faz outro juramento; desta vez pelo céu e seus caminhos estrelados ou órbitas.  As pessoas se contradizem sobre o Profeta Muhammad, que a misericórdia e as bênçãos de Deus estejam sobre ele, e o Alcorão.  Aqueles que se afastam da verdade são iludidos e os mentirosos serão completamente destruídos, estão imersos na ignorância e na negligência.  Eles perguntam quando o dia chegará e são informados de que será o dia em que serão jogados no fogo e ordenados a provar o que estavam ansiosos por apressar.  Por outro lado, os justos estarão em jardins com rios e nascentes aceitando dádivas de Deus.  Em sua vida terrena eles estavam orando enquanto outros estavam dormindo e pedindo perdão todas as manhãs.  Compartilharam o que Deus lhes deu com quem solicitou e com os necessitados.

Versículos 20 - 23 Maravilhas e prodígios

Pessoas de fé podem ver os sinais ao seu redor e dentro de si.  Você não vê? A terra em que vivemos é uma exibição das maravilhas e prodígios de Deus.  O ser humano é um grande milagre, elaborado com precisão e complexidade.  Olhe para os céus e veja sua provisão, tudo o que foi prometido está lá.  Deus, o Senhor do céu e da terra, faz um juramento por Si mesmo, de que tudo o que Ele diz é verdade; tão verdadeiro como se você estivesse ouvindo a si próprio.  O fato de você poder falar é algo que você sabe ser um fato indiscutível e outro fato indiscutível é que Deus diz apenas a verdade.

Versículos 24 - 46 Contos da vida dos profetas

Deus pergunta ao profeta Muhammad se ele ouviu a história sobre os convidados de honra do profeta Abraão.  Eles foram a Abraão e se cumprimentaram com palavras de paz.  Abraão e sua família serviram um bezerro assado, mas os convidados não comeram.  Quando Abraão notou isso, ficou inquieto.  Eles notaram sua ansiedade e disseram a Abraão para não temer, pois vieram com boas notícias.  Sua esposa até então estéril estava carregando seu filho.  Não podiam acreditar em tais notícias e a esposa de Abraão bateu em seu próprio rosto em completo espanto.  Os convidados eram anjos, mensageiros divinos, e também disseram a Abraão que iriam a uma cidade de criminosos para destruí-los com pedras feitas de barro. 

Quando os anjos foram para a cidade, embora tenham procurado, não conseguiram encontrar nenhum crente exceto uma única família, a família de Lot.  Deus salvou todos eles, exceto a esposa de Lot; ela pereceu com seu povo.  Nisto há um sinal para aqueles que são capazes de ver e entender.  E a história de Moisés é um sinal.  Ele foi enviado ao Faraó com uma mensagem clara, mas o Faraó e seus conselheiros viraram as costas e rejeitaram Moisés, chamando-o de louco e feiticeiro.  Como consequência de suas ações, eles foram lançados ao mar. 

No povo de Ad há outro sinal.  Um vento que destruiu tudo foi enviado contra eles.  Em Tamude as pessoas eram insolentes, mas por um tempo lhes foi permitido se divertirem.  Mas logo foram surpreendidos por uma explosão que os impediu de se levantarem e se defenderem.  Deus usa as forças da natureza para reinar e punir os desobedientes.  O povo de Noé, que veio antes deles, também se perdeu no mal.

Versículos 47 - 55 O poder de Deus

Com o Seu Poder, Deus construiu os céus e a vasta extensão do universo.  Deus espalhou a terra e a tornou perfeita para sustentar a vida.   E Ele criou tudo em pares para que os seres humanos aprendam uma lição, pensem e ponderem.  Assim, o Profeta Muhammad deve advertir o povo a se voltar para Deus e fazê-lo rapidamente, sem hesitação.   Ele deve lembrá-los a não adorar nenhuma divindade, a não ser Deus.   Todos os mensageiros e profetas de Deus foram chamados de feiticeiros ou loucos.  Os habitantes de Meca aprenderam estas palavras dos descrentes anteriores? Se o Profeta Muhammad se afastar, não incorrerá em culpa.  Mas continue lembrando as pessoas, porque isso beneficiará aqueles que acreditam.

Versículos 56 - 60 Por que estamos aqui?

Deus diz que criou os gênios e a humanidade para que eles O adorassem.  Esta breve declaração é um dos fundamentos do Islã e responde à pergunta: qual é o propósito da vida? Deus não exige mais nada deles, nenhuma provisão ou comida de qualquer espécie.  Deus é o Provedor.  Ele é Todo-Poderoso, invencível.  E à luz dessa verdade universal, Deus conclui com uma advertência aos transgressores.  Eles certamente terão sua parte na punição que afligiu seus predecessores; não há necessidade de serem impacientes e tentarem apressar esse dia.  No Dia do Juízo, eles certamente serão punidos e não haverá escapatória. 

 

https://www.islamreligion.com/pt/articles/11243/capitulo-51-az-zariat-os-ventos-disseminadores/

Navegação de Artigos:
<< Artigo Anterior || Próximo Artigo >>

Compartilhar esse Artigo:
Url
BBCode
HTML

Centro Islâmico de Taubaté © 2009-2019, todos os direitos reservados.
Rua Benedito Silveira Moraes, 221, Bairro Jardim do Sol - Taubaté - SP. CEP: 12070-290. Fones: (12) 3624-8602 / 3411-1940.
E-mail:
siteluzdoislam@gmail.com

3,271,232 visitas únicas

site desenvolvido por www.wsdbrasil.com.br

Powered by PHP-Fusion copyright © 2002 - 2019 by Nick Jones. Released as free software without warranties under GNU Affero GPL v3