Fones: (12) 3624-8602 / 3411-1940
Email: siteluzdoislam@gmail.com

Hierarquia dos Artigos
Início dos Artigos » O Alcorão Sagrado » Capítulo 87 Al-A'la (O mais elevado)
Tamanho da Fonte
Capítulo 87 Al-A'la (O mais elevado)

Descrição: Este capítulo nos diz que Deus é o Altíssimo e é Ele Quem cria, proporciona, determina e guia.

Por Aisha Stacey (© 2018 IslamReligion.com)

 

Introdução

ala.jpgO Profeta Muhammad, que a misericórdia e as bênçãos de Deus estejam sobre ele, costumava amar este capítulo do Alcorão.  Sabemos disso de uma cadeia de narração que remonta a seu amigo, primo e genro, Ali ibn Abi Talib.[1]  Al A’la e o capítulo anterior At-Tariq eram com frequência recitados juntos pelo profeta Muhammad nas orações às sextas-feiras ou nos festivais islâmicos[2].   É um breve capítulo de 19 versículos revelados em Meca que trazem boas notícias ao Profeta Muhammad.  Deus o ajudará em sua missão de difundir a palavra do Islã e assumirá pessoalmente a responsabilidade de garantir que a memória do Profeta Muhammad em relação ao Alcorão não falhará ou será impedida de alguma maneira.  Al A'la inclui os fundamentos básicos do Islã e afirma que essas fundações têm raízes bem estabelecidas nas mensagens previamente reveladas.

Versículos 1- 3 Louvor a Deus

O capítulo abre com uma ordem para glorificar a Deus.  Glorifica o nome do teu Senhor, o Altíssimo.  O nome do capítulo Al A'la vem deste primeiro versículo.  Glorificar significa louvar e reconhecer Sua onipotência.  Em apenas algumas palavras, somos imediatamente apresentados a dois dos atributos de Deus: Sua Senhoria e Sua grandeza.  Foi Ele Quem criou e proporcionou.  Tudo o que Deus criou é bem proporcionado e aperfeiçoado para o papel que tem a desempenhar na vida nesta terra.  Deus determinou e estabeleceu os destinos.  Cada peça de criação recebe o sustento que precisa para cumprir seu propósito e é orientada para o que isso requer. 

Versículos 4 e 5 Imaginário

Após a glorificação de Deus, as imagens mudam para uma cena do mundo das plantas.  Deus é Aquele que produz o pasto e depois o transforma em capim moído.  Toda planta tem um propósito, tanto em sua floração quando ocorre pela primeira vez, quanto no murchar e morrer.  Todas as condições têm um propósito.  Considere a regeneração do solo.  O solo tem seu próprio processo auto-regenerativo; o que está biologicamente morto reúne minerais para iniciar o processo mais uma vez.[3]

Versículos 6 - 7 O Profeta Muhammad não esquecerá

Deus se dirige ao Profeta Muhammad dizendo que o fará recitar o Alcorão e ele (Profeta Muhammad) não se esquecerá.  Esquecer é um traço humano, mas o Profeta Muhammad não precisa se preocupar em tentar memorizar as revelações à medida que são enviadas para ele.  Deus prometeu que assumirá a responsabilidade e assegurará que nenhuma das revelações seja perdida.  Estas são boas novas para o Profeta e para os muçulmanos em geral.  Sua preservação é uma recompensa e favor de Deus para a humanidade.  As decisões de Deus são baseadas em Seu conhecimento infalível de tudo.

Versículos 8 - 9 " E te encaminharemos pela (senda) mais simples"

Isto é seguido rapidamente por mais notícias boas.  Deus suavizará o caminho do Profeta Muhammad.  Deus diz: "E te encaminharemos pela (senda) mais simples".  Isso é ou o caminho para o Islã, que é invariavelmente fácil e natural, ou o caminho para o Paraíso que é por meio do Islã.  O universo foi criado por Deus com facilidade, segue o seu caminho designado com facilidade e se dirige para o objetivo final com facilidade.  Sabe-se que, ao longo de sua vida, o Profeta Muhammad escolheu sempre as alternativas mais fáceis e legais para qualquer situação em que estivesse.[4] 

A religião do Islã toma o cuidado de tornar o caminho para o Paraíso fácil para todo ser humano que esteja em harmonia com o universo.  É dito ao Profeta Muhammad para lembrar a todos, se isso for de alguma ajuda ou benefício.  Sempre haverá, em cada lugar e em cada geração, aqueles para quem o aviso será útil.

Versículos 10 - 13 O Grande Fogo

Aqueles que prestam atenção a Deus receberão o lembrete, mas será ignorado pelos ímpios e eles queimarão nos fogos preparados para eles.  Os infelizes entrarão no maior fogo onde não morrerão nem viverão.  Não lhes será concedido o descanso da morte, nem poderão desfrutar do seu estado de vida atual.  Aquele que se afasta e não ouve o aviso certamente deve viver com constante preocupação, se esforçando para alcançar prazeres nesta vida e tentando ignorar a lembrança do que virá.  O maior fogo é o fogo do inferno e o sofrimento nele é infinito. 

Versículos 14 - 17 Recordação e Oração

Aquele que presta atenção no aviso e se purifica, terá sucesso.  Deus nos pede para ouvir a mensagem e nos purificarmos de todo ato pecaminoso.  Isto é conseguido recordando de Deus e orando.  Deus aponta a grande diferença entre as duas opções.  Observe a mensagem e seja salvo, ignore a mensagem e seja miserável.  Então Ele ressalta o motivo do fracasso.  As pessoas preferem a vida deste mundo, embora a futura seja melhor e mais duradoura. 

Versículos 18 e 19 Uma Origem

Este capítulo conclui destacando que a mensagem do Islã não é nova.  Na verdade, remonta no tempo.  Deus diz que esta é a mensagem entregue nas escrituras dadas aos profetas Abraão e Moisés.

 
Notas de rodapé:

[1] Imam Ahmad

[2] Saheeh Muslim

[3] http://www.healthyag.com/soilreg.html

[4] Saheeh Bukhari e Muslim.

 

https://www.islamreligion.com/pt/articles/10922/capitulo-87-al-ala-o-mais-elevado/

Navegação de Artigos:
<< Artigo Anterior || Próximo Artigo >>

Compartilhar esse Artigo:
Url
BBCode
HTML

Centro Islâmico de Taubaté © 2009-2018, todos os direitos reservados.
Rua Benedito Silveira Moraes, 221, Bairro Jardim do Sol - Taubaté - SP. CEP: 12070-290. Fones: (12) 3624-8602 / 3411-1940.
E-mail:
siteluzdoislam@gmail.com

2,816,558 visitas únicas

site desenvolvido por www.wsdbrasil.com.br

Powered by PHP-Fusion copyright © 2002 - 2018 by Nick Jones. Released as free software without warranties under GNU Affero GPL v3