Fones: (12) 3624-8602 / 3411-1940
Email: siteluzdoislam@gmail.com

Hierarquia dos Artigos
Início dos Artigos » Livro Chave para a Felicidade » A Chave para a Felicidade (Ensinamentos do Islã trazem Felicidade - V)
Tamanho da Fonte
A Chave para a Felicidade (Ensinamentos do Islã trazem Felicidade - V)

12 – Deve-se ficar contente com o que Allah predestinou mesmo que seja algo aparentemente desconfortável. Allah diz:

“Ó crentes, não vos é permitido herdardes as mulheres, contra a vontade delas, nem as atormentardes, com o fim de vos apoderardes de uma parte daquilo com que as tenhais dotado, a menos que elas tenham cometido comprovada obscenidade. E harmonizai-vos com elas, pois se vos antipatizardes com elas, podereis estar antipatizando com algo que Allah dotou de muitas virtudes” (Alcorão 4:19).

Você não sabe, mas algo que você não goste pode ser bom para você. Allah diz:

“Está-vos prescrita a luta (pela causa de Allah), embora a repudieis. É possível que repudieis algo que seja um bem para vós e, quiçá, gosteis de algo que vos seja prejudicial; todavia, Allah sabe, e vós ignorais” (Alcorão 2:216).

13 – Deve-se saber que Allah () favoreceu alguns em termos mundanos e bens materiais em detrimento de outros, fundamentado na sabedoria divina. Allah diz:

“Allah favoreceu, com Sua mercê, uns mais do que os outros; porém, os favorecidos não repartem os seus bens com seus servos, para que com isso sejam iguais. Desagradecerão, acaso, as mercês de Allah?” (Alcorão 16:71).

Allah também diz:

“Repara em como preferimos uns sobre os outros. Porém, na Outra Vida, há maiores graus e mais distinção” (Alcorão 17:21).

14 – Não se deve invejar os outros e desejar o que eles têm nem almejar ter uma vida puramente material. Allah diz:

“Dize-lhes: Em verdade, meu Senhor prodigaliza e restringe Sua graça a quem Lhe apraz, dentre os Seus servos. Tudo quanto distribuirdes em caridade Ele vo-lo restituirá, porque é o melhor dos agraciadores” (Alcorão 34:39).

A imaginação de coisas que gostaria que fosse realidade é prejudicial para satisfação e contentamento do coração e os muçulmanos são instruídos a esquivar-se disso. Allah diz:

“Não ambicioneis aquilo com que Allah agraciou uns, mais do que aquilo com que (agraciou) outros. Aos homens corresponderá uma parte, de acordo com o que ganharem; assim, também as mulheres corresponderá uma parte, de acordo com o que ganharem. Rogai a Allah que vos conceda a Sua graça, porque Allah é Onisciente” (Alcorão 4:32).

Ao invés disso, um muçulmano foi ordenado por Allah para refletir sobre o que tem feito para se manter “em cheque”. O Profeta disse:

“Sábio é aquele que se mantém em cheque e analisa o que tem feito e trabalha para aquilo que vem depois da morte. Fracassado é aquele segue seus caprichos e pensa desejosamente em sua morada sem que trabalhe para isso” (Tirmizi).

Navegação de Artigos:
<< Artigo Anterior || Próximo Artigo >>

Compartilhar esse Artigo:
Url
BBCode
HTML

Centro Islâmico de Taubaté © 2009-2017, todos os direitos reservados.
Rua Benedito Silveira Moraes, 221, Bairro Jardim do Sol - Taubaté - SP. CEP: 12070-290. Fones: (12) 3624-8602 / 3411-1940.
E-mail:
siteluzdoislam@gmail.com

2,429,922 visitas únicas

site desenvolvido por www.wsdbrasil.com.br

Powered by PHP-Fusion copyright © 2002 - 2017 by Nick Jones. Released as free software without warranties under GNU Affero GPL v3